Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Você tem dez minutos por semana?
Início do conteúdo da página

Você tem dez minutos por semana?

Escrito por Monica Mourão Lara Neto | Publicado: Quarta, 13 Janeiro 2016 15:57 | Última atualização: Segunda, 04 Abril 2016 15:54

Links relacionados:

Este é o tempo necessário para você identificar e eliminar possíveis criadouros de mosquito na sua casa. Para garantir a saúde de sua família e de sua comunidade, basta fazer uma checagem de cerca de 10 minutos nos locais onde ele costuma colocar seus ovos toda semana.

Como fazer a checagem?
Cheque semanalmente os locais indicados no desenho, onde o mosquito costuma colocar seus ovos, e marque as ações já realizadas no período. Com apenas 10 minutos semanais você pode afastar o perigo.

[+] Faça o download do checklist.

Por que uma vez por semana?
O ciclo de vida do Aedes aegypti, o mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya, leva cerca de 7 a 10 dias. Assim, se você verificar e eliminar os criadouros uma vez por semana, podemos interromper seu ciclo de vida e evitar o nascimento de novos mosquitos.

A campanha
A campanha “10 Minutos salvam vidas” foi lançada em dezembro de 2015 pela  Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro com apoio do Ministério da Saúde e substitui a anterior cujo slogan era “10 minutos contra a dengue”. A campanha “10 minutos contra a dengue” foi uma iniciativa de pesquisadores e profissionais de comunicação do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).  Depois de elaboração do conceito foi firmada parceria com a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES). Em março de2011 a ação ganhou as ruas da cidade em um projeto piloto e em setembro do mesmo ano a SES anunciou oficialmente o conceito como tema da nova campanha 2010/2011 de combate à dengue no Estado.

Multimídia
[+] Saiba mais sobre os antecedentes, conceito, justificativa científica e estratégia de implementação da campanha ‘10 Minutos Contra a Dengue’ em entrevista da pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) Denise Valle.

registrado em:
Fim do conteúdo da página